EVENTO ÚNICO NA MAÇONARIA BRASILEIRA

Por Barbosa Nunes(*)

 Estivemos nos dias 27 e 28 de agosto, na Loja Maçônica “Alvorada de Aragarças”, localizada nas margens goianas do Rio Araguaia, divisa com estado de Mato Grosso, que comemorava 40 anos de fundação. Realizou-se naquela data o XXXIV Encontro das Lojas Maçônicas do Vale do Araguaia, constituída de 11 Lojas. Cerca de 150 maçons e 100 cunhadas, em confraternização, tendo ponto principal a discussão e o posicionamento da maçonaria da região sobre importantes temas.

Cumprimento o Venerável anfitrião e o Coordenador Regional, respectivamente Cléber Victor de Oliveira e Albertino Luiz Ferreira. Presentes o Grão-Mestre Luis Carlos de Castro Coelho, presidente da Assembleia Federal, Múcio Bonifácio, presidente da Assembleia Estadual, Lourival Arantes, presidente da Fraternidade Feminina Estadual, Janine Gomes, Secretários Estaduais, Tochió Iwace, Daniel Pereira Duarte, Naylor Santos de Oliveira, Euripedes Coelho de Castro, Soberano Grande Primaz do Rito Brasileiro, Nei Inocêncio dos Santos, ministro do Tribunal de Contas do GOB, José Teruo Mizuno e vários irmãos de Mato Grosso.
Trata-se de evento único na maçonaria brasileira. São 34 anos sem interrupção. Desde 1983, semente lançada na Loja “Aurora de Caiapônia”, frutificando e cada vez mais crescente. As Lojas produzem estudos e pesquisas que são apresentadas em plenário.


Recebi como muitos outros a íntegra dos temas abordados e apresentados por cada representante, que me vieram organizados em encadernação especial. Registro o grande conteúdo, retirando parágrafos de cada trabalho apresentado.

Loja Alvorada de Aragarças, por Edson Sherer, com o tema “A questão da água no Brasil e no mundo. Um chamamento da maçonaria brasileira para sua preservação”. Enfoca “o cenário atual de escassez grave da água no Brasil e no mundo leva-nos maçons, a uma reflexão e mudança de conduta em relação a esse bem maior que é água potável”.

Loja Aprendizes do Bem, de Piranhas, por Divino Antônio de Oliveira, tema “Cuidados com a saúde”. “Devemos lembrar que não só os cuidados médicos são importantes para termos uma boa saúde, mas também é necessária uma alimentação saudável e balanceada, preferindo frutas, verduras e cereais integrais, evitando excesso de sal e açúcar”.

Loja Aurora de Caiapônia, elaborado por Jamar Urias Mendonça Júnior, tema “Simplicidade e humildade”. “Ser humilde é reconhecer em qualquer coisa ou em qualquer um, a possibilidade de um novo aprendizado, de uma nova visão de mundo, uma nova forma de viver”.

Loja Dimas Nasser, de Bom Jardim de Goiás, por Norton Cléber de Jesus Moraes, tema “Tolerância com a corrupção”. “Dá-se a entender que o governo, mais do que combater a corrupção, deseja manter a impunidade. Afinal, os mal feitos das empreiteiras são também mal feitos do poder público e das estatais”.

Loja Estrela Montebelense, de São Luis de Montes Belos, por Ademar Durães da Mata, tema “Justiça Maçônica com foco na expressão: Justo e Perfeito”. “Para que sejamos realmente justos e perfeitos, devemos estar enquadrados na justiça pregada pela Ordem, que nos ensina a dar a cada ser humano o que merecidamente lhe é devido, sem distinção de espécie ou categoria”.


Loja Planalto do Bem, de Firminópolis, por comissão integrada por José Lice Lourenço de Oliveira, Edivaldo Manoel Martins, Denervil Luiz de Faria e Cristiano Divino Honorato, tema “Gerações tecnológicas no mercado de trabalho”. “A fim de se adaptar as rápidas mudanças, liderar pessoas passou a ser um enorme desafio para gestores que lidam com as gerações tecnológicas ocupando posições de destaque nas empresas que estão na busca de verdadeiros lideres para se manterem competitivas”.

Loja Plenitude do Sigilo, de Jussara, autoria de Cleomar Barros, tema “O poder das palavras”. “Freud disse: Tudo no universo é uma troca de energia e as palavras são energia em potência, pois quando falamos as células ouvem-nos. Se falamos impropérios sentir-nos-emos efetivamente mal e abatidos, mas quando proferimos palavras otimistas, tudo conspira para o otimismo”.

Loja Segredo e Vigilância, de Paraúna, Aléssio José Alves Ferreira, tema “Viver e recomeçar”. “Hoje ou amanhã é um bom dia para começar. Não deixe para depois. Ouse novos desafios. Se pensarmos pequeno, coisas pequenas teremos. Lute pelo melhor, o melhor vai instalar em sua vida”.

Loja União de Iporá, por Danilo Alvim de Paiva Gonçalves e Eder Coelho Tavares, tema “Maçonaria e a Igreja Católica”. “Em 1975, o arcebispo de Salvador, Dom Avelar Brandão Vilela, praticou um gesto que teve repercussão nacional e internacional. Celebrou uma missa dentro da Loja Maçônica “Liberdade de Salvador”, Bahia.

Loja União e Sigilo, de Fazenda Nova, apresentado por Deusair José da Silva e José Moura de Oliveira, tema “Aniversário”. “O tempo que nos é dado viver só parece curto quando vivemos de modo errado, ensinou Sêneca. Na realidade, há algo de substancial e divino a ser celebrado, quando um ano a mais significa um passo adiante na evolução”.

Loja Vale do Rio Claro, de Montes Claros de Goiás, tema “Comprometimento maçônico”, por Isley Ferreira Vilas Boas. “Todos os dias devemos estar comprometidos com a vida, com a sociedade, em ser uma pessoa melhor e contribuir para o desenvolvimento em seu todo”.  

Ao encerramento nas primeiras horas da tarde de domingo, com muita alegria, aclamação e emoção, foi decidido que o encontro regional das Lojas do Vale do Araguaia, retornará em 2017 à Loja “Aurora de Caiapônia”, nos dias 26 e 27 de agosto, quando o Venerável Mestre Cléber Victor de Oliveira, transferiu o malhete de 34 anos para o Venerável da Loja onde a semente foi plantada, maçom Eurico de Souza.

(*) Barbosa Nunes, advogado, ex-radialista, membro da AGI, delegado de polícia aposentado, professor e maçom do Grande Oriente do Brasil




Share on Google Plus

Editor Luiz Sergio Castro