Atitudes Simples Poderiam Diminuir os Acidentes de Trânsito

Fonte: Sec:. Geral de Comunicação e Informática - GOB
No Brasil milhares de pessoas morrem ou ficam para sempre com seqüelas de acidentes de trânsito. Os números desta sina a cada ano só aumentam as estatísticas. Em todo o mundo a imprudência ao volante ceifa cada vez mais vidas.
.
É preciso consciência sobre as consequências dos acidentes e repensar a questão do trânsito e suas implicações para a qualidade e bem estar do cidadão, e na maioria dos casos tal tomada de consciência só é realmente vivida por principalmente àqueles que são atingidos diretamente com a fatalidade.
.
As estatísticas revelam os números alarmantes, o recente feriado prolongado do carnaval passado dá uma dimensão da gravidade da questão. Os acidentes de trânsito durante o período causaram a morte de 695 pessoas, conforme apontam as estatísticas do Seguro DPVAT, que indeniza vítimas de acidentes de trânsito.
.
O levantamento revela que, comparado aos demais dias do ano, o número de óbitos nas ruas e estradas brasileiras durante os dias de carnaval deste ano foi maior em 51% dos acidentes.
.
Em 2011, houve 28.349 casos de morte indenizados por acidentes de trânsito, ou seja, uma média diária de 77 mortes por dia. Já em seis dias de carnaval, considerando também a sexta-feira anterior, quando o tráfego aumenta devido às viagens, a média de ocorrências indenizadas saltou para 116 óbitos por dia. O levantamento é da Seguradora Líder DPVAT, administradora do seguro DPVAT.
.
Para o Grão-Mestre Geral, Soberano Irmão Marcos José da Silva, a responsabilidade e respeito à vida mútua deve se fazer presente quando um motorista conduz um veículo, e não somente nas situações em que o risco de ocorrer um acidente é mais notório como quando o motorista está alcoolizado por exemplo.
.
“As pessoas deveriam se conscientizar também com atitudes que muitas vezes passam ‘despercebidas’, mas que são grandes riscos de acidentes e podem poupar vidas, como por exemplo, a falta de manutenção com o carro, de atenção ocasionada por um fator externo, a direção ofensiva, o estresse, a falta de gentileza no trânsito, a fala ao celular quando se está dirigindo entre tantos outros detalhes que são considerados pequenos”, comenta o Soberano Irmão.
.
Para o Soberano Irmão Marcos José, a consciência com o bem estar e a segurança no trânsito devem ser uma reflexão coletiva. “O mais importante em toda essa questão é priorizar a vida do outro também, ter respeito pelo ser humano e a partir da vivência desse pensamento, consequentemente, as atitudes mudam.” finaliza o Irmão Marcos José da Silva.
.
Causas mais comuns de acidentes de trânsito:
Erro humano, em todo o mundo, é responsável por mais de 90% dos acidentes registrados.

Principais imprudências determinantes de acidentes fatais no Brasil, por ordem de incidência:
- Velocidade excessiva;
-Dirigir sob efeito de álcool;
- Distancia insuficiente em relação ao veiculo dianteiro;
- Desrespeito à sinalização;
- Dirigir sob efeito de drogas.

Fatores determinantes das imprudências:
- Impunidade / legislação deficiente;
- Fiscalização corrupta e sem caráter educativo;
- Baixo nível cultural e social;
- Baixa valorização da vida;
- Ausência de espírito comunitário e exacerbação do caráter individualista;
- Uso do veículo como demonstração de poder e virilidade.
.
Pense sobre as causas mais comuns de acidentes de trânsito, e evite que você, ou as demais pessoas que você quer bem, venham a fazer parte desta triste estatística.

Share on Google Plus

Editor Luiz Sergio Castro