SAFL HOMENAGEIA O IRMÃO JÚLIO CAPILÉ


O médico aposentado Júlio Capilé, 98 anos,foi homenageado em Brasília durante sessão da Assembleia Federal Legislativa Maçônica no dia 19 de março.
O evento foi realizado na sede do Grande Oriente do Brasil (GOB) e a homenagem foi em reconhecimento ao trabalho maçônico e social desenvolvido por Capilé em Brasília desde os primeiros anos de fundação da capital federal e à sua história marcante dentro da instituição.
Nascido em Rio Brilhante e filho de pioneiros douradenses, Capilé reside em Brasília desde 1960 aonde montou o primeiro consultório no Plano Piloto.
Ele foi iniciado na Loja Estrela de Brasília em 1967 ocupando a partir de então diversos cargos maçônicos, além de atividade literária (autor de cinco livros, muitos artigos e crônicas).

Durante a homenagem ele esteve acompanhado pela esposa Laís Dias Capilé, filhas e netas. De Dourados prestigiaram o evento o empresário Everaldo Leite Dias e o advogado Arnaldo Rodrigues Júnior, ambos representando a Loja Maçônica do GOB.


A sessão foi bastante concorrida contando com a participação de maçons de vários estados. Os maçons ainda destacaram a conduta de vida do homenageado, o seu trabalho dedicado e perseverante em busca do aperfeiçoamento social, intelectual, moral, ético e espiritual e equilíbrio em suas emoções e reações.

"Pelo trabalho dedicado e perseverante em busca do aperfeiçoamento social, intelectual, moral, ético e espiritual - o que não é fácil -, o ser humano pode conseguir o equilíbrio nas suas emoções e reações sócio-psíquicas, até alcançar um estágio de evolução no seu comportamento, na vida social, profissional, familiar. Isto observamos muito em Júlio Capilé, no seu jeito de ser, nas suas atitudes, em conversas e, principalmente, nas suas mensagens e ensinamentos em palestras, em conversas e nos seus escritos e livros".
Evento foi realizado na sede do Grande Oriente do Brasil e a homenagem foi em reconhecimento ao trabalho de Júlio Capilé.

História
Júlio Capilé nasceu em 2 de dezembro de 1917, na cidade de Entre Rios, Mato Grosso, hoje com o nome de Rio Brilhante, no Mato Grosso do Sul. Foi médico pediatra, já aposentado. É casado com Laís Dias Capilé, cujo casamento nasceram duas filhas, Betânia Capilé Ellery e Betsáida Capilé Tunes.

A vida maçônica iniciou em 25 de fevereiro de 1967, na Loja Estrela de Brasília na qual exerceu os cargos de orador e experto. Ocupou o cargo de secretário de Previdência no Grande Oriente do Distrito Federal. Foi fundador da Loja Três Poderes, no Distrito Federal, onde ocupou os cargos de venerável mestre por dois mandatos e primeiro vigilante. Foi fundador das Lojas Cavaleiros da Fraternidade e Vigário Bartolemeu Fagundes, ambas no Distrito Federal. Membro honorário da Loja Águia do Planalto, no Distrito Federal. Iniciado no Supremo Grande Capítulo dos Maçons do Arco Real em 17 de julho de 2004 e Grau 33 da Ordem. Foi deputado federal desde 1977, com interrupção no período de 1981 a 1984.

Ele foi eleito para Academia Maçônica de Letras do Distrito Federal, em 1988, cadeira nº 42, tendo sido seu presidente. Recebeu Comenda do mérito parlamentar Victor Kothe, outorgado pelo grande Oriente de São Paulo. Desempenhou a função de chefe de gabinete soberana Assembleia Federal Legislativa entre 2004 e 2007, além de ocupar a cadeira nº 15 da Academia Maçônica Internacional de Letras.

Júlio é autor dos livros "História, Fatos e Coisas Douradenses", em parceria no ano de 1995; a coletânea de crônicas "Antigamente era Assim", em 2004; "Meditações e Experiências com o Espírito - Um Dia Seremos Todos Anjos", em 2006; "Somos Sombra e Luz" e "Viver em Paz", ambos de 2012.

Capilé se formou em Medicina em 1958, pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Tem Mestrado sobre Administração Hospital da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo.

Júlio foi médico militar chegou em Brasília em 15 de abril de 1960 e montou o primeiro consultório médico no Plano Diretor. Em 1963, foi licenciado do Exército para assumir cargo no Tribunal de Contas da União onde fundou o serviço médico. Na ativa militar serviu no Gabinete Militar da Presidência da República nos Palácios do Catete no Rio de Janeiro e em Brasília e foi adido à Secretaria Geral do Conselho de Segurança Nacional.

Como médico foi contratado pelo DNER, Associação dos Servidores da Polícia do Distrito Federal, do Departamento de Polícia Federal, membro de juntas médicas da Polícia Federal, do Tribunal Superior Eleitoral, do Supremo Tribunal Federal, do Tribunal de Contas da União, diretor do serviço médico da Federação Desportiva de Brasília, médico da seleção brasiliense de futebol, da rádio e TV Nacional, onde apresentou programa semanal de aconselhamento médico às mães. Atuou como médico credenciado pelo IAPI e médico fiscalizador do INPS em postos e hospitais do Distrito Federal.

Na sua trajetória, Júlio foi fundador da Sociedade Pestalozzi em Brasília e presidente e vice-presidente da mesma. Desempenhou a função de vice-diretor, diretor e membro do Conselho Diretor da Faculdade de Educação da União Pioneira de Integração Social no Distrito Federal e membro do Conselho da Liga de Defesa Nacional.

Fonte: O Progresso

Seja nosso apoiador.
Faça uma doação e ajude
na manutenção de "O Malhete"

Share on Google Plus

Editor Luiz Sergio Castro