PELA VIDA FUI A ARRAIAS NO TOCANTINS

(*) Por Barbosa Nunes

"Maçonaria a Favor da Vida - Contra as Drogas", missão que Deus me inspirou a instituir em 1997, na administração do Grão-Mestre Estadual goiano, José Ricardo Roquete e posteriormente nacionalizado pelo Grão-Mestre Francisco Murilo Pinto, tornou-se uma marca de credibilidade da maçonaria brasileira. Conta com apoio integral do Grão-Mestre Geral atual, Marcos José da Silva. Presente se encontra em todas as Unidades da Federação, através de um coordenador designado pelo Grão-Mestre Estadual. Os mais diversos trabalhos são realizados com participações das Lojas Maçônicas junto às comunidades, escolas e grupos que trabalham a prevenção primária.
Agora nos dias 1º e 2 de outubro, a convite do Grão-Mestre do Grande Oriente do Brasil - Tocantins, Geraldo Bento França e por intermediação do seu Chefe de Gabinete, Nei Guanabara e de sua irmã, juíza aposentada do Tribunal Regional do Trabalho em Brasília, Odélia Bento França, estivemos na histórica cidade de Arraias, em companhia dos maçons José Walter Carvalho e Carlos Roberto Castro Letry. Percorremos entre Goiânia e Arraias, 630 quilômetros, após dedicar o dia 30 de setembro ao Grande Oriente do Brasil, com assuntos referentes ao Grão-Mestrado Geral Adjunto e ao Conselho Federal, que presido. A tranquila viagem propiciou paisagens belas e de horizontes infindáveis pela Chapada dos Veadeiros, com um pernoite na mística Alto Paraíso de Goiás, como sempre, extremamente verde e carregada de boas energias.
  Em Arraias, proferi duas palestras, relacionadas a prevenção ao uso de drogas. A primeira para um público adulto e a segunda aos jovens estudantes, no excelente e confortável plenário da Câmara Municipal de Arraias . Fui presenteado pelo compromisso dos maçons da Loja "Estrela Arraiana" e de uma tarefa santa e abençoada assumida naquela cidade pelos grupos Amor Exigente, Alcoólicos Anônimos e Missão Resgate, que contam com a dedicação de corpo e alma de seus diretores, Odélia Bento França e Marlene Malheiros (Amor Exigente), pelo AA Inalto José da Silva e concentrados na Missão Resgate, liderada por Odélia Bento França, buscam os dependentes que necessitam de internação, sendo que mais de 20 adictos já foram acolhidos por várias instituições que promovem a recuperação de dependentes químicos.
Todos contam com apoio integral do Grão-Mestre Estadual Geraldo Bento França, arraiano de nascimento e de família tradicional. Pela Loja Maçônica, presentes praticamente todos os maçons da cidade e região, liderados pelo Venerável Mestre Antônio Vicente Queiroz Ferreira. Pelo setor de ensino a diretora regional de educação, Leila Maria Florêncio Ramos foi a organizadora do programa e apresentadora de todos os detalhes, exibindo vídeos e levando àquela cidade uma jovem que deixou Arraias, por estar comprometida com uso de drogas, em estado de dependência. Após 15 anos, retornou, em recuperação, prestando um depoimento emocionante. Fernanda, após os desencontros e sofrimentos, hoje tem uma filha de 10 meses e dedica sua vida na orientação daqueles que se perdem de suas famílias.
O Grande Oriente do Brasil - Tocantins continua em compromisso social e crescimento na gestão do Grão-Mestre Geraldo Bento França, antecedido pelos trabalhos maçônicos dos Grão-Mestres Antônio Ernani Martins, Alan Divino Siqueira Souza e o primeiro Grão-Mestre, João Alves da Costa. Tive a honra de estar presente nas solenidades de instalação do GOB-Tocantins no ano de 2004. Após esta data já proferi várias palestras no estado do Tocantins. Cheguei agora à cidade de Arraias, conforme pesquisas e informações coletadas de um blog que traduz o sentimento arraiano, assim se anunciando: "Esse blog foi criado para falar dessa linda e maravilhosa cidade: Arraias, estado do Tocantins". 
"A história de Arraias começou no Ciclo do Ouro. Em meados do século XVIII, uma missão jesuíta se instalou próxima ao local onde hoje é a cidade, formando um aldeamento com o nome de Boqueirão dos Tapuios. Os primeiros negros, vindos de quilombos destruídos, começaram a chegar à região, ocupando um local conhecido como Chapada dos Negros. A partir daí estava fundado o Arraial da Chapada dos Negros.
A riqueza era tanta que o governador da Capitania de São Paulo, D. Luis de Mascarenhas, veio pessoalmente, em 1740, tomar posse dos veios auríferos da região. Ele, contando com a ajuda do Capitão Felippe Antônio Cardoso e dos escravos, transferiu a sede do Arraial da Chapada dos Negros para o local onde hoje fica a cidade de Arraias. Só em 1914 foi criado o município de Arraias. Cidade com muitos atrativos como a Chapada dos Negros que apresenta ruínas de casas, muralhas e galerias, as Grutas da Lapa, um complexo de 4 grandes salões, de aproximadamente 40 metros de comprimento por 20 de altura. No patrimônio cultural, destaque para o Painel Histórico e Centro Cultural Mãe Samina. A padroeira do município é Nossa Senhora dos Remédios. A economia é baseada na agropecuária, minério e turismo cultural. Os principais pontos turísticos são A Biquinha, Gruta da Lapa, Muralhas de Pedra, Morro da Cruz e Chapada dos Negros."
Na educação, conta com um Campus da Universidade Federal do Tocantins, com 6 cursos.
A cidade de Arraias, também conhecida como "Cidade das Colinas", pois é cercada por muitas formações dentro do município, tem ao seu redor inúmeras cachoeiras que estão sendo descobertas e possui um carnaval participativo, diferente, intitulado "Carnaval do Entrudo", quando em todos os dias, nas primeiras horas da manhã, o grupo se reúne em uma praça e cantando vai pelas ruas, entrando nas casas e jogando água em seus moradores. A cidade triplica seus habitantes oriundos de vários estados, especialmente Brasília e todas as cidades vizinhas, por ocasião do carnaval.
Ao final deste artigo, não poderia deixar de registrar a figura histórica de João de Abreu, que foi Intendente de Arraias, constituinte estadual, deputado estadual, presidente da Assembleia Estadual, diretor geral da Fazenda, constituinte federal, três vezes deputado federal, vice-governador do estado de Goiás na administração de José Feliciano, quando chegou a assumir a governadoria e prefeito de Arraias.
Homenageio-a com uma das estrofes do seu hino: "Arraias, és bela e sedutora, poema de gozo em solidão. És simples, nobre, encantadora, és grande de alma e coração! Tua água, ó biquinha, benfazeja teu gosto é milagroso ao paladar. Aquele que te prova só deseja a Arraias, feliz, sempre voltar!"
Parabéns Grande Oriente do Brasil - Tocantins, parabéns Loja "Estrela Arraiana", Amor Exigente, Alcoólicos Anônimos e Missão Resgate.
Estou agradecido pelo convite do Grão-Mestre Geraldo Bento França, via intercessão de Nei Guanabara e Odélia Bento França. Contem comigo na caminhada em favor da vida.

(*) Barbosa Nunes, advogado, ex-radialista, membro da AGI, delegado de polícia aposentado, professor e Grão-Mestre Geral Adjunto do Grande Oriente do Brasil - barbosanunes@terra.com.br.


Share on Google Plus

Editor Luiz Sergio Castro