Um dia de homenagens a Clarice Lispector

Cultura
Maria Fernanda Rodrigues - Estadão
A escritora Clarice Lispector
Depois de Carlos Drummond de Andrade, homenageado em outubro com o Dia D, que por sua vez foi inspirado pelo Bloomsday e seus eventos anuais e internacionais de celebração ao escritor irlandês James Joyce, agora é a vez de Clarice Lispector ganhar um dia só para ela.

Ainda que mais concentrada no Rio, a programação da Hora de Clarice vai se espalhar por lugares tradicionais, como livrarias e centros culturais, e por outros mais inusitados, como barcas e estações de metrô, de cidades como São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba, Belém e Recife neste sábado.

A iniciativa é da Rocco, que escolheu homenagear a maior estrela do catálogo nacional da editora no dia de seu aniversário. Se fosse viva, a autora de A Paixão Segundo G.H. e de tantos outros sucessos faria, em 10 de dezembro, 91 anos - hoje, a propósito, faz 34 anos que ela morreu.
Share on Google Plus

Editor Luiz Sergio Castro