Arcebispo convoca missa em homenagem a padre condenado por abuso sexual

Operamundi
A Igreja Católica da cidade de Santa Fe, na Argentina, homenageará com honras no próximo domingo (26/02) um bispo morto na última segunda-feira (20/02) e condenado por assediar sexualmente jovens seminaristas.
Reprodução/CosechaRoja
A missa em louvor ao monsenhor Edgardo Storni, que cumpria prisão domiciliar pelo abuso de 47 adolescentes foi idealizada por José María Arancedo, atual arcebispo da cidade, que disponibilizará a igreja central da cidade para o evento
Storni foi condenado em 2009 pela Justiça argentina a oito anos de prisão por assédios que praticou no início da década de 1990. As denúncias partiram de um estudante do Seminário Metropolitano de Santa Fe, aonde o religioso lecionava.
O caso tornou-se público em 1994, quando o Vaticano ordenou que o atual arcebispo de Mendoza, José María Arancibia, investigasse as denúncias dos supostos abusos sexuais. Naquele mesmo ano, diversas lideranças políticas redigiriam uma carta de apoio à decisão do clero.
Em 2002, o escândalo ganharia ainda mais repercussão com o lançamento do livro Nuestra Santa Madre, uma investigação conduzida pela jornalista Olga Wornat, que dedica um extenso capítulo ao caso.
Share on Google Plus

Editor Luiz Sergio Castro