Padre americano é condenado por roubar dólares de sua paróquia e apostar em cassinos

Desvios do padre Kevin McAuliffe teriam sido
 descobertos após investigação de 3 anos do FBI
Um padre americano da cidade americana de Las Vegas foi condenado a 3 anos e 1 mês de prisão por roubar e apostar em cassinos da cidade centenas de milhares de dólares de sua paróquia.
Kevin McAuliffe, de 59 anos, também foi proibido de frequentar cassinos e será obrigado a passar por um tratamento por seu vício em jogos após ser libertado.
Segundo o relato do jornal local Las Vegas Review-Journal, McAuliffe passou a maior parte do julgamento cabisbaixo e se disse arrependido de ter desviado cerca de US$ 650 mil (o equivalente a R$ 1,8 milhão) ao longo de oito anos.
Como vigário-geral da diocese de Las Vegas, o padre tinha amplo controle das finanças da igreja na qual trabalhava. Leia mais


Ele foi acusado de desviar o dinheiro da conta bancária da igreja, das cestas para coletas de doações, da loja da paróquia e do fundo missionário.
Investigado pelo FBI
Os desvios de McAuliffe teriam sido descobertos após uma investigação de três anos realizada pelo FBI, a polícia federal americana. Desde que foi descoberto, o padre já teria devolvido US$ 13 mil (R$ 35,5 mil) do dinheiro roubado.
"Eu tenho o mais profundo remorso e arrependimento", afirmou McAuliffe durante o julgamento, afirmando ter "traído e escandalizado" a Igreja Católica e sua congregação.
"A igreja é minha família", disse McAuliffe. "Sei que minha falha pessoal ficará comigo para o resto de minha vida", afirmou.
Apesar de sua admissão, muitos frequentadores de sua paróquia defenderam o padre e esperam que ele recorra da sentença.
"No tempo em que esteve aqui, esse homem fez mais para nossa paróquia que qualquer outro padre", afirmou ZoeAnn Murphy à TV ABC.
Share on Google Plus

Editor Luiz Sergio Castro