Morre Waldemar Lima, fotógrafo de "Deus e o Diabo na Terra do Sol"

O fotógrafo sergipano Waldemar Lima, 82,(foto) morreu na última quinta (19) em São Paulo. Ele lutava contra uma leucemia havia dois meses.

Lima foi o diretor de fotografia de "Deus e o Diabo na Terra do Sol" (1964), clássico do cinema novo com direção de Glauber Rocha.

Ele, que se definia como "um operário do cinema", ficou famoso por ter conseguido retratar de um jeito diferente a luz do Nordeste brasileiro.

Entre outros filmes, fez a fotografia do curta "Um Dia na Rampa" (1957), de Luiz Paulino dos Santos, fez assistência de direção para "Barravento" (1961), também de Glauber, e foi operador de câmera de "A Grande Feira" (1961), de Roberto Pires.

O único filme que dirigiu foi "Society em Baby-Doll", com Luiz Carlos Maciel, em 1965.
Share on Google Plus

Editor Luiz Sergio Castro